Ampliar imagem | Tamanho original
Os hutongs são estruturas urbanas que atravessam séculos, preciosos exemplos da arquitetura vernacular chinesa e uma das principais testemunhas da transformação cultural e histórica do país. O nome ‘hutong’, na verdade, deriva de uma palavra em mongol que significa ‘poço d'água’. Era assim que se chamavam as pequenas vielas construídas ao longo da dinastia Yuan (1271–1368) na tentativa de traçar um tecido urbano mais regular que tanto facilitasse a gestão da propriedade da terra quando a eficiência dos fluxos. Apropriando-se desta nova estrutura urbana, os aristocratas e altos oficiais do exército Yuan—a quem lhes era permitida a posse de terra na cidade real de Pequim—passaram a construir uma série de pátios em meio a esse emaranhado de vias e vielas. Com o tempo, esses pátios passaram a ser conhecidos como “Siheyuan”. Mais tarde, a medida que a população da cidade aumentava exponencialmente, o número de hutongs cresceu em igual medida, passando as mãos de diferentes proprietários que então, subdividiam estes pátios de forma completamente aleatória. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar