Ampliar imagem | Tamanho original
A acupuntura urbana é uma tática de design que promove a requalificação urbana em nível local, apoiando a ideia de que as intervenções no espaço público não precisam ser amplas e caras para produzirem um impacto transformador. Como alternativa aos processos convencionais de desenvolvimento, a acupuntura urbana representa um modelo adaptável para a renovação da cidade. Iniciativas altamente focadas e direcionadas ajudam a regenerar espaços negligenciados, ao implantar estratégias urbanas de forma incremental ou consolidar a infraestrutura social de uma cidade. Com base na metáfora da prática medicinal tradicional chinesa, a acupuntura urbana refere-se à melhoria das questões sociais e urbanas por meio de intervenções precisas, que revitalizam áreas da cidade e consolidam estratégias de planejamento urbano. O arquiteto espanhol Manuel de Solà foi o precursor, ao utilizar o conceito para descrever projetos com elevado grau de reversibilidade, permitindo medidas corretivas e melhorias. Uma vantagem do modelo é o planejamento acelerado, sendo implementada com agilidade e muitas vezes com meios modestos. Com requisitos menos burocráticos, esses gestos localizados podem desencadear uma reação em cadeia de melhoria na qualidade do ambiente urbano adjacente, além de um aumento na coesão social e na segurança pública. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar