Casa Tropical MM / MM++ architects

Casa Tropical MM / MM++ architects
© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

© Hiroyuki Oki© Hiroyuki Oki© Hiroyuki Oki© Hiroyuki Oki+ 56

Ho Chi Minh City, Vietnã
  • Arquitetos: MM++ Architects
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área:  600
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano:  2019
  • Fotógrafo Fotografias:  Hiroyuki Oki
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: AIRMOUNTAIN, Daikin, District 8 Design, Kholer, Philips
  • Arquitetos Responsáveis:Mỹ An Pham Thi, Khang Đinh Công, Michael Charruault
  • Equipe De Projeto:MM++ Architects
  • Cidade:Ho Chi Minh City
  • País:Vietnã
Mais informaçõesMenos informações
© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

Descrição enviada pela equipe de projeto. A Casa MM parece ter sido esculpida em um bloco de concreto monolítico. A composição expõe abertamente os materiais de sua fabricação - concreto bruto pintado e um pergolado com dormentes de madeira meticulosamente organizados, de forma a delinear um exoesqueleto na cobertura, como se o telhado tivesse sido interrompido de sua forma básica para se abrir ao céu.

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki
Planta - Suíte Principal
Planta - Suíte Principal
© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

Assim como as casas 'tube' vietnamitas, o lote estreito é compensado pela ambição em direção ao céu. Para evitar que o interior pareça comprimido, os arquitetos buscaram referências na arquitetura Edo, no movimento De Stijl e no modernismo vietnamita.

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

O terreno trapezoidal, com duas testadas e vista frontal para o rio Saigon, exigia um projeto com uma fácil leitura de todos os lados. Desta forma, as estratégias do projeto dividiram o edifício trapézio em grandes salas retangulares com anexos em forma de cunha que servem como banheiros e depósitos sob medida.

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki
Planta - Sala de Estar e Mezanino
Planta - Sala de Estar e Mezanino
© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

As varandas foram esculpidas na forma principal do edifício, ao invés de serem projetadas em balanço. Este método de dedução proporciona sombra e pontos de vista panorâmicos, enquanto os volumes permanecem habilmente ocultos do lado de fora. Esta estratégia foi utilizada em todo o projeto - para a cama da suíte master, as banheiras e assentos na sala de estar - criando um espaço ininterrupto e vistas de todos os cantos dos cômodos.

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

As janelas foram substituídas por aberturas com frestas, convidando a circulação de ar e luz solar para a casa. Elas também agem como relógios de sol - lançando sombras geométricas nítidas e coreografadas de acordo com a passagem da luz do dia, enquanto afastam o calor escaldante de Saigon.

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki
Corte Geral
Corte Geral
© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

Uma caminhada sinuosa entre a porta fortificada indiana leva o usuário à sala de estar ao ar livre, através de um jardim revelador situado acima do nível da rua e protegido do exterior. O jardim é tecido por toda a casa, por meio do qual as plantas têm liberdade para escalar entre todos os pavimentos, adornando as formas cúbicas fundamentais da estrutura.

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

A área de estar é acolhedora, um banco embutido em toda a extensão do espaço preza pela informalidade - convidando o visitante a sentar-se deitado, reclinado ou de pernas cruzadas. O espaço tira proveito das fontes duplas de luz natural do jardim e do acesso de luz indireta na parede oposta, criando a sensação de um santuário. Espaços ao ar livre são defendidos ao invés de limitados pelo espaço, estratégias inspiradas pelo arquiteto Luis Barragan.

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki
Elevação Frontal e Posterior
Elevação Frontal e Posterior
© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

Uma parede texturizada na cor vermelho-ferrugem é uma reminiscência do tijolo de adobe, configurando uma meia-luz terrosa. Além de eliminar o brilho, a superfície tátil enfatiza o jogo de texturas entre os materiais em toda a casa, contrastando com o concreto das escadas e pisos, as linhas nítidas e elegantes das grades de aço e os painéis de vidro colorido. A sensação de santuário se mantêm com o vidro coreografando faixas de luz em tons de joias. As cores ousadas, típicas do vidro dos anos 1880 e 1890, são aqui reproduzidos em composições minimalistas inspiradas no De Stijl, especificamente nas pinturas de Mondrian.

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

Assim como as influências De Stijl, a Casa MM ressoa com a arquitetura doméstica do período Edo japonês; com níveis escalonados dentro de cada pavimento do edifício, subestruturas expostas e o respeito pela madeira bruta, deixada minimamente tratada e acabada. Cada componente da composição atua como peças de quebra-cabeça, orquestrados para ofuscar a luz solar direta e resfriar o ambiente.

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

O projeto de interiores teve extrema importância para coroar todas as diversas experiências e tesouros compartilhados dos habitantes da casa MM, portanto, não poderia ser restringido a uma influência estilística singular. Coletadas durante tempos ao redor do mundo, essas memórias são tão pessoais e ecléticas quanto a própria casa, forjando um lar de expedições internas.

© Hiroyuki Oki
© Hiroyuki Oki

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Casa Tropical MM / MM++ architects" [MM Tropical Suburb Town House / MM++ architects] 14 Out 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/948808/casa-tropical-mm-mm-plus-plus-architects> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.