Ampliar imagem | Tamanho original
"O mundo refletido é a conquista da calma" G. Bachelard. A casa é uma morada metafísica. O habitar encontra nos espelhos da luz líquida a evanescência do ser: a representação imaterial de sua existência. A água é o elemento de transição entre a realidade e os sonhos. A experiência cotidiana de entrar em um lago central nos submerge no mistério de caminhar entre reflexos adormecidos. Como contraponto material à leveza dos vidros translúcidos, a estrutura e espaço da casa é composta por planos e volumes de concreto. As membranas transparentes incorporam a paisagem exterior como uma realidade clara e fluida. O espaço interior contém a luz de forma serena e diáfana, que às vezes é alterada por algum intrépido raio de sol que se infiltra na sala, e na sua evolução lembra-nos o mundo, a partir de um sonho. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar