Patrimônio em risco: GSI quer instalar torres antidrones em palácios de Brasília

Patrimônio em risco: GSI quer instalar torres antidrones em palácios de Brasília

O Gabinete de Segurança Institucional (GSI) contratou, por R$ 2,49 milhões, um sistema de detecção e “neutralização” de drones que prevê instalação de antenas de até 20 metros sobre os Palácios do Planalto, da Alvorada e do Jaburu, para proteger o presidente da república e a cúpula do poder executivo. No entanto, apesar da urgência alegada pelo órgão comandado por general Augusto Heleno para tal projeto, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) está barrando a obra. 

Projeto de instalação de antena de 10 metros no Palácio da Alvorada - Reprodução/Iphan
Projeto de instalação de antena de 10 metros no Palácio da Alvorada - Reprodução/Iphan

Segundo o general Luiz Fernando Estorilho Baganha, na área central de Brasília, onde estão os palácios, “o aparecimento de drones está se tornando corriqueiro e demonstrando uma vulnerabilidade para a atividade de segurança das mais altas autoridades do Poder Executivo”.

Pelo projeto original, seriam instaladas antenas em formato de pirâmide sustentadas por cabos de 20, 10 e 6 metros nos tetos dos Palácios do Planalto (sede do Poder Executivo Federal), da Alvorada (residência do presidente) e do Jaburu (residência do vice-presidente), respectivamente. 

Projeto de instalação de antena de 6 metros no Palácio do Jaburu - Reprodução/Iphan
Projeto de instalação de antena de 6 metros no Palácio do Jaburu - Reprodução/Iphan
Projeto de instalação de antena de 20 metros no Palácio do Planalto - Reprodução/Iphan
Projeto de instalação de antena de 20 metros no Palácio do Planalto - Reprodução/Iphan

A resposta negativa do Iphan veio através do parecer técnico assinado pelo coordenador do IPHAN-DF, Thiago Pereira Perpetuo, afirmando que as estruturas pretendidas pelo GSI ferem o tombamento dos projetos de Niemeyer.

Há que se considerar que edificações icônicas como os Palácios Presidenciais, patrimônios históricos tombados e reconhecidos internacionalmente pela sua arquitetura moderna, impõem limites para intervenções, que devem ser direcionadas para o menor impacto possível.

Fontes: Metrópoles e The Guardian

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Equipe ArchDaily Brasil. "Patrimônio em risco: GSI quer instalar torres antidrones em palácios de Brasília" 07 Ago 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/945270/patrimonio-em-risco-gsi-quer-instalar-torres-antidrones-em-palacios-de-brasilia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.