Ampliar imagem | Tamanho original
A torre cilíndrica de 33 andares concebida pelo arquiteto modernista Oscar Niemeyer, com vista para a praia de São Conrado, foi concluída em 1972, mas abandonada em 1995 devido a dificuldades financeiras. Reaberto em 2017 pelo grupo hoteleiro Meliá Hotels International, o edifício foi reformado com novos interiores por Débora Aguiar, responsável pelas áreas comuns, incluindo o lobby de 3.000 metros quadrados junto ao Studio VOA, responsáveis pelos interiores dos 413 quartos. Muitos acessórios do edifício foram saqueados durante seu período de abandono, mas alguns elementos do design original permanecem intactos - incluindo a escultura de uma sereia do artista brasileiro Alfredo Ceschiatti e jardins do paisagista Roberto Burle Marx. Além disso, os esforços de projeto incluem a restauração de obras de arte de importantes artistas renomados, como a escultura Mermaid de Alfredo Ceschiatti, o painel Carybé e a escultura suspensa de Pedro Corrêa de Araújo. Um restaurante, bar e spa recebem os hóspedes nas áreas de relaxamento. O hotel também possui seu próprio heliporto. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar