Ampliar imagem | Tamanho original
Instituir a reciclagem de materiais como uma prática cotidiana no campo da arquitetura e da industria da construção exigiria, sem dúvida, uma abordagem de cima para baixo além de ajustes nos processos de projeto e uma revisão completa dos sistemas construtivos mais usuais. Ainda assim, pequenas iniciativas estão provocando consideráveis mudanças neste cenário, forçando os profissionais a repensarem questões relativas ao desperdício assim como uma transformação completa na própria industria da construção civil. Neste contexto, este artigo esmiuçará alguns dos projetos mais inovadores realizados ao longo dos últimos anos, realizações que nos mostram que a reciclagem de materiais na arquitetura não é nenhum bicho de sete cabeças. Antes de mais nada, é importante ressaltar que a reciclagem na arquitetura é uma prática que, ainda hoje, enfrenta uma série de obstáculos, desafios e preconceitos. Em primeiro lugar temos a falta de regulamentação e informações mais precisar sobre os materiais potencialmente recuperáveis. A ausência de infraestruturas de armazenamento e empresas dedicadas à este serviço dificultam ainda mais a reutilização de materiais na indústria da construção. Finalmente, a banalização da demolição como uma solução prática e barata em detrimento à desmontagem e reciclagem é outro agravante da precária situação em que a arquitetura se encontra. Por outro lado, as seguintes iniciativas encontraram maneiras de driblar esses desafios, apresentando uma visão mais otimista daquilo que precisamos fazer para promover, difundir e viabilizar a reciclagem de materiais na arquitetura em uma escala mais ampla. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar