Ampliar imagem | Tamanho original
“... the front door continues to appeal to our sense arrival. Call it the ceremony of coming home.”Akiko Busch Todo material tem suas próprias características e limites de definição. Trabalhar no limiar do que é possível - no limite do que ainda está dentro da natureza de um material, em vez de desafiá-lo - pode ser um território criativamente fértil para avançar o pensamento e aperfeiçoar a técnica. A materialidade constrói os planos que se cruzam e torna-se veículo para um ritmo tonal, a imersão resultante traz uma nova intimidade ao grão de um espaço arquitetônico. Um projeto comercial que cria uma experiência de receber em casa com a nostalgia do tempo, usando matéria natural, o processo humano, a condução na escala artesã com uma narrativa de uma arquitetura feita para não ser perfeita, e sim possivel. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar