Ampliar imagem | Tamanho original
Gingar, movimento básico da capoeira, intimamente ligado à ideia de movimentar-se de uma maneira harmoniosa, nunca sozinho, sempre em roda, onde existe uma constante troca entre os indivíduos. Dessa maneira, o projeto Ginga busca trazer significado ao conceito de Sobreposição, tema do festival de construção em madeira Hello Wood, edição de 2020 na Argentina. A abordagem ao tema partiu do entendimento que interagimos com duas esferas de camadas: as interpessoais e as virtuais. As camadas interpessoais são aquelas a partir das quais nos formamos como indivíduos: a cultura, as experiências, os sucessos e fracassos, as crenças e línguas. Ao mesmo tempo, as camadas virtuais constituem e organizam o espaço vivido: paralelos e meridianos, fronteiras, limites, o desenho urbano e os eixos construtivos, alguns dos quais se fazem tangíveis através da materialização de um edifício, por exemplo. Ao mesmo tempo, as que permanecem intangíveis, continuam a influenciar diretamente o todo. Como criar um espaço onde se possa sentir a interação entre as sobreposições de camadas interpessoais e virtuais simultaneamente? Através de um plano que permite o movimento livre horizontal em todas as direções. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar