Ampliar imagem | Tamanho original
Inserida num dos bairros mais típicos e consolidados de Aveiro (Bairro da Beira Mar), esta moradia surge como resultado de uma apaixonada e desafiante reforma, uma reforma que pretende devolver à cidade e aos seus usuários um estilo de vida, livre e em contacto com o espaço exterior, com o barulho das gaivotas e com o cheiro da maresia, com a cor do céu e o verde da vegetação. Implantada numa parcela de 30metros de comprimento por 2,5metros de largura, formalmente assume-se como um corredor habitável, corredor esse que, desde o momento da entrada, vai sendo preenchido por momentos, de escuridão, de luz, de surpresa, de descoberta, de compressão e de desafogo… o pátio tardoz! Com materiais sóbrios e elementares, betão, revestimos funções básicas e essenciais, o chão que pisamos e o volume que alberga as casas de banho e zona de serviços, e com gesso cartonado de tonalidade verde escura, revestimos e protegemos o antigo edifício, vestindo-o a rigor para o seu novo e revigorado ciclo de vida. Se por um lado pretendemos um ambiente escuro e intimista no interior, por contraste conceptual e prático, o exterior é branco, uma superfície propositadamente reflectora que inunda a casa de luz, ora difusa e macia, ora directa e dura, como o reflexo dos vários estados de espírito de quem ali habita. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar