Ampliar imagem | Tamanho original
Durante a etapa inicial de projeto em Arquitetura, é fundamental que arquitetos encontrem a melhor forma de transmitir suas ideias à seus clientes, de modo que independentemente de seu conhecimento técnico, estes sejam capazes de entender suas propostas com clareza. Nesse sentido, é comum que profissionais apoiem-se sobre uma determinada ferramenta ou conjunto delas para representar o que a priori idealizaram mentalmente, seja através de desenhos bidimensionais, modelos físicos ou imagens perspectivadas, de forma que é justamente nessa última que leigos parecem melhor compreender os conceitos ali expressos, de tal maneira que arquitetos tem buscado constantemente adicionar um conjunto de novas abordagens artísticas amparadas pelos recursos da tecnologia. Todavia, se nos atentamos a linha histórica dos pelo menos últimos dez anos, certamente iremos perceber que o boom  provocado pelo desenvolvimento de softwares e programas de renderização cada vez mais sofisicados levou, ou tem "seduzido" profissionais a criar imagens hiperrealistas, capaz de confundir o irreal a noção de realidade, alavancado pelo esforço comercial em vender o conceito arquitetônico a seus clientes. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar