Ampliar imagem | Tamanho original
No este jardim, Alex Hanakazi surpreendeu o público, com rios e hortas estilizados, inspirados nas lembranças de sua infância, no interior de São Paulo, ao longo dos 860 m². O espaço que leva o nome Hana Zaki, que significa na etimologia japonesa o “crescimento da flor”, e teve a proposta de resgatar as coisas simples como o cultivo de hortaliças, numa versão contemporânea.  A inspiração do profissional veio do alto. Hanazaki trouxe para o projeto as lembranças e imagens dos campos de plantio, rios, montanhas e caminhos, avistados por ele durante viagens de avião pelo interior de São Paulo. O arquiteto convidou os visitantes, logo na entrada da mostra, a espiarem seu ambiente através de um olho mágico. A intenção era aguçar a curiosidade do público, que só terá contato com o espaço do profissional ao longo da mostra. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar