Ampliar imagem | Tamanho original
Este é um pequeno apartamento em um condomínio e que teve de dobrar seu espaço para se tornar uma casa estúdio. A operação principal consiste em completar o volume através de uma cobertura leve e transparente, além de pavimentar os terraços com um piso simples, resultando em metros quadrados suficientes para o desenvolvimento da casa. A parti disso, existem dois espaços que deixam de ter um uso definido. Para agregar significado, decidimos posicionar duas paisagem neles; uma árvore e uma janela de vidro. No térreo, a oliveira articula os recintos. No andar superior, a janela de vidro funciona como um véu para o quarto, onde um espaço de reflexões, opacidades e transparências ajuda a projetar o espaço nos terraços. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar