Lobbies de Buenos Aires: fotografias de vestíbulos racionalistas e art déco

Lobbies de Buenos Aires: fotografias de vestíbulos racionalistas e art déco

© Claudio Larrea© Claudio Larrea© Claudio Larrea© Claudio Larrea+ 11

O lobby, conhecido também como vestíbulo ou hall, é um espaço projetado para a recepção que se localiza de forma contínua em relação ao acesso de um edifício residencial ou uma casa individual, oficializando a área de transição entre o entorno urbano público e o programa privado.

Ele costuma estar localizado nos térreos dos edifícios, em vínculo direto com a rua, definindo-se como a "face visível" do projeto para o exterior. Por conta disso, suas características, seu desenho, sua estética, e todos aqueles elementos que o compõem são de grande relevância. Sua função é relativamente flexível, podendo ser utilizado como lugar de reunião, recepção ou espera.

© Claudio Larrea
© Claudio Larrea

Nesta série, onze imagens dão o testemunho da imaginação dos arquitetos e do trabalho dos artesãos do período que vai da década de 1920 à de 1950. Os interesses de Larrea são precisos: ele busca as construções art déco e racionalistas. O lobby, além de ser o lugar onde acontecem as reuniões de condomínio, onde se trocam cochichos, é a antessala da intimidade. A partir dele, os residentes e os visitantes se distribuem pelos apartamentos, ou seja, pela misteriosa vida privada que é traída nos indiscretos poços de luz. - Hugo Beccacece

Através de seu registro fotográfico, Claudio Larrea nos apresenta uma compilação de lobbies de Buenos Aires que captam a essência mais clássica da cidade. Com desenhos geométricos, acabamentos em mármore, detalhes artesanais, luminárias desenhadas e grandes superfícies espelhadas, suas imagens representam o testemunho de uma época onde o art déco e o racionalismo preencheram os espaços interiores da arquitetura argentina.

© Claudio Larrea
© Claudio Larrea

Embora, como afirma Hugo Beccacece, "edifícios como os que constam nestas fotografias já não sejam mais feitos, não só devido a alterações estéticas, mas também porque muitos dos artesãos que os tornaram possíveis desapareceram lentamente", alguns deles ainda seguem preservados, e fazem parte do repertório arquitetônico ecléctico da cidade.

© Claudio Larrea
© Claudio Larrea

  • Claudio Larrea (Buenos Aires, 1963) é fotógrafo, diretor de arte gráfica e designer de produção em publicidade e cinema. Se formou em técnicas audiovisuais e atualmente vive em Barcelona e Buenos Aires. A Ópera National du Rhin elegeu seus trabalhos fotográficos para projetar como cenografia na ópera de Astor Piazzolla "Maria de Buenos Aires" (Estrasburgo, 2019). Participou em diversas exposições individuais e coletivas, tais como “Argentum Regina, la Ciudad Eterna” (MARQ, 2019/20), “Cómo leer el Pato Pascual”- Mak Center y Luckma Gallery (Fundación Getty LA), “República de Waires” (Galería Leku, Argentina), “El Amante de Buenos Aires” (CCR, Argentina), “Lobbies de Buenos Aires” (Fundación ArtexArte, Argentina), e “Arquitectura Peronista” (Museo Evita, Argentina).
  • Conheça mais sobre o trabalho de Claudio Larrea acessando seu site ou através de suas redes sociais.
  • Descubra mais publicações sobre o tema da fotografia ou conheça nossos artigos, entrevistas e notícias sobre Buenos Aires no seguinte link.

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Maiztegui, Belén. "Lobbies de Buenos Aires: fotografias de vestíbulos racionalistas e art déco" [Lobbies de Buenos Aires: Fotografías de vestíbulos racionalistas y art déco] 11 Abr 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Daudén, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/937261/lobbies-de-buenos-aires-fotografias-de-vestibulos-racionalistas-e-art-deco> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.