Ampliar imagem | Tamanho original
A pouco mais de dois meses, a cidade chinesa de Wuhan surpreendeu o mundo ao construir um hospital em menos de dez dias. Com capacidade para mil novos leitos, trinta unidades de terapia intensiva e uma dezena de salas de isolamento, o Hospital Wuhan Huoshenshan foi construído às pressas por uma equipe de mais de sete mil trabalhadores em resposta à emergência sanitária causada pelo COVID-19. Pouquíssimas pessoas estavam preocupadas ou sequer conscientes daquilo que estava acontecendo do outro lado do mundo naquele momento. Mas tudo mudou muito rapidamente e hoje, com um saldo de meio milhão de casos positivos e mais de vinte mil mortes confirmadas no mundo todo até o dia 26 de Março, a escassez de recursos – e de espaços adequados para o atendimento básico e intensivo – nos centros médicos da maioria de nossas cidades está começando a ser um problema real, e muitos países estão começando a se preparar para o pior. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar