Ampliar imagem | Tamanho original
A arquitetura e o design de interiores evolui constantemente para atender as demandas da sociedade e parte de seu papel social é auxiliar no bem-estar daqueles que transitam e utilizam seus espaços diariamente.  Nesse sentido, no que se refere a arquitetura hospitalar - nicho responsável pelo desenvolvimento de projetos com foco na área da saúde, a partir de especificações, exigências e regulamentações que garanta e assegure a comodidade de seus pacientes - tem continuamente estudado questões intrínsecas de como o corpo em estado de adoecimento se comporta e estimula-se no espaço, de modo a criar ambientes que auxiliem no processo de reabilitação. Quando pensamos em hospitais ou espaços coligados a área da Saúde, é provável que imaginemos salas brancas, com o uso de materiais alvos, numa paleta de cores variante do branco ao off-white, ou em alguns casos, moderada inserção de elementos em tons pastéis, somado a iluminação de temperatura de cor fria. No entanto, esta imagem tem cada vez mais sido substituída e estudos comprovam que espaços utilizando determinados elementos gráficos, cores, materiais e até mesmo componenetes naturais, podem auxiliar e acelerar o processo de tratamento de pacientes, uma vez que atua psicologicamente nos estímulos neurológicos. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar