Ampliar imagem | Tamanho original
O clima é um dos principais fatores que definem a arquitetura específica de um lugar. Em se tratando de situações extremas, as condições climáticas podem se transformar em um grande desafio para a arquitetura, demandando a utilização de complexos sistemas de isolamento para viabilizar a habitabilidade dos edifícios em ambientes hostis. Entretanto, quando o clima favorece, ele se volta à favor dos arquitetos, permitindo o desenvolvimento de soluções arquitetônicas intimamente conectadas ao seu ecossistema específico, dissimulando os limites entre arquitetura e paisagem. O México, como a maioria dos países tropicais, usufrui de um clima quente e ameno. Esta condição metrológica é um convite a uma arquitetura aberta e profundamente integrada à paisagem. A profundidade destas relações passam a ser determinadas pelas características físicas do território. Seja na montanha ou à beira da praia, a arquitetura é sempre informada pelas condições climáticas específicas do lugar onde está implantada. Algumas obras utilizam a água para melhor controlar as condições de umidade e a temperatura nos espaços interiores – principalmente aquelas localizadas em áreas litorâneas. A luz natural é outro fator determinante nem um projeto de arquitetura. A seguir, apresentaremos uma seleção de projetos construídos no México por categorias: Espaço Público, Cultural, Edifícios Religiosos, Hospitalidade e Moradia. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar