Ampliar imagem | Tamanho original
Inspirado nos campos de lavanda do sul da França, o novo Parque da Ciência e Tecnologia de Chengdu é resultado do esforço comum empreendido pelos governos da França e da China. É neste contexto que surge o projeto da Igreja do parque Sino-Francês localizado na capital da província de Sichuan, no sudoeste da China. Influenciada pela arte impressionista que transformou o realismo através de suas pinceladas à mão livre ao longo da segunda metade do século XIX, a Igreja do Parque Sino-Francês de Chengdu também procura transgredir – à sua maneira – a essência formal das tradicionais igrejas católicas ocidentais. O projeto desenvolvido pela equipe do Shanghai Dachuan Architects pode ser visto como uma espécie de arquitetura ideográfica. A partir de uma profunda compreensão da história da arte e da arquitetura francesa, procuramos adaptar seus principais conceitos e valores para o nosso contexto específico de forma a melhor expressar o espírito inerente à liberdade e diversidade da cultura deste lugar. Pensando nisso, procuramos romper com a tradição construtiva, abrindo mão de materiais mais tradicionais para construir um edifício atemporal, simples e minimalista, uma estrutura abstrata construída com luz e sombra. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar