Ampliar imagem | Tamanho original
A história da arquitetura demonstra que o uso do material aparente sempre foi algo corrente, seja em antigas técnicas vernaculares ou dentro do movimento brutalista, para citar alguns exemplos. É evidente que a linguagem de um projeto muitas vezes está estritamente ligada ao seu material, pois diversas sensações, assim como a percepção do espaço, são dirigidas pela qualidade estética e física do elemento escolhido. Por este motivo, aqui reunimos dez edifícios que ressaltam a qualidade de seus materiais, seja para fazer um discurso, reinterpretar alguma técnica do passado ou até mesmo para ressignificar a potência de alguns desses elementos. FAUUSP / João Vilanova Artigas e Carlos Cascaldi São Paulo, Brasil Essa escola de Arquitetura e Urbanismo teve sua construção iniciada em 1966 e concluída em 1969. Os pilares em forma de trapézios duplos fazem com que um grande paralelepípedo de concreto paire sobre o ar, gerando um contraste entre a massa do volume e seus pontos de apoio. Através do térreo livre é possível acessar um grande vazio central que no decorrer de sua permeabilidade, por todos os níveis, permite uma circulação que traz diferentes perspectivas e descobertas desse grande edifício que materializa as ideias democráticas de seus arquitetos. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar