Ampliar imagem | Tamanho original
Rotação, deslocamento e intercalação de blocos são algumas das operações que possibilitam a diversidade de composições com o uso de tijolo aparente na arquitetura. A conformação destes elementos individuais, usualmente utilizados para a construção de paredes, tem sido explorada de forma criativa para compor fachadas de edifícios residenciais, representando a identidade formal do edifício em si e sua relação com o contexto em que está inserido.  O uso do tijolo em seu estado natural, aparente, destaca a materialidade deste elemento e revela não apenas sua cor e textura, mas também sua potencialidade como elemento de controle climático, em casos em que os blocos são intercalados e utilizados como cobogós. É possível notar, na seleção apresentada abaixo, como os tijolos, ainda que apresentem características similares entre si, possibilitam diferentes desenhos, geometrias e volumes através do seu arranjo, assumindo papel de destaque em fachadas de edifícios residenciais ao redor do mundo. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar