Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Powerhouse Company projeta edifício corporativo de madeira flutuante em Roterdã

Powerhouse Company projeta edifício corporativo de madeira flutuante em Roterdã

A Powerhouse Company divulgou novas imagens o seu projeto para a sede da Global Commission on Adaptation. Chamado de Floating Office Rotterdam (FOR), o edifício da sede da GCA será inteiramente construído em estrutura de madeira além de ser auto-suficiente em energia. Com o início das obras de construção planejado para a primavera de 2020, a sede flutuante da GCA deverá ficar temporariamente implantada em Rijnhaven, em pleno coração da cidade de Rotterdam.

Cortesia de Atchain
Cortesia de Atchain

Espera-se que o Escritório Flutuante de Rotterdam seja inaugurado no outono de 2020 durante a Cúpula Internacional sobre Adaptação pelo Secretário-Geral Ban Ki-Moon e pelo próprio prefeito de Roterdã Aboutaleb. A Powerhouse Company afirma que a GCA foi criada com o principal intuito de incentivar o desenvolvimento de medidas e estratégias para combater as mudanças climáticas através do uso de novas tecnologias, planejamento urbano e investimento público. A Comissão da GCA está composta pelo ex-presidente da ONU, Ban Ki-Moon, pelo fundador da Microsoft, Bill Gates, e pela CEO do Banco Mundial, Kristalina Georgieva.

Cortesia de Plomp
Cortesia de Plomp

“À medida que o clima no planeta Terra está se transformando cada vez mais depressa, eventos climáticos extraordinários - cada dia mais frequentes - assim como o incorrigível aumento do nível das marés, apresentam novos desafios para os arquitetos. A incorporação de conceitos de resiliência e sustentabilidade em um projeto como a sede da GCA não apenas faz sentido economicamente, mas também procura impulsionar iniciativas que possam colaborar com o abrandamento das consequências decorrentes das mudanças climáticas. Estamos muito satisfeitos com o projeto proposto pela Powerhouse Company, é fundamental que a sede da GCA seja um edifício inovador e que apresente estratégias resilientes que possam inspirar outras pessoas e arquitetos pelo mundo.”- Prof. Dr. Patrick Verkooijen, CEO da GCA

Em relações ao projeto, a Powerhouse Company é responsável pela concepção geral, do esboço ao projeto executivo. A DVP se envolveu no projeto com a atividade de gestão através da RED Company. O projeto de construção leva a assinatura de Bartels & Vedder em parceira com a Solid Timber. A DWA fez a consultoria dos projetos de instalações, segurança contra incêndio e física da construção. Por último mas não menos importante, o Floating Office Rotterdam será construído em parceira pela Valleibouw e Osnabrugge.

Cortesia de Plomp
Cortesia de Plomp

“Projetar um edifício de escritórios flutuante e sustentável foi um desafio e tanto. Utilizando a água do Rijnhaven para resfriar o edifício e transformando a cobertura da como uma grande fonte de energia, a sede temporária do GCA é um edifício verdadeiramente autônomo. Toda a estrutura do edifício foi concebida em madeira, podendo ser facilmente desmontada e reutilizada. O edifício segue todos os conceitos de economia circular.” - Nanne de Ru, fundador e arquiteto da Powerhouse Company

Durante a primavera de 2020 a estrutura do FOR será construída no terreno da Van Leeuwen, não muito longe dali, e quando estiver pronta, será transportada - flutuando - até a sua casa em Rijnhaven.

Via Powerhouse Company

Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "Powerhouse Company projeta edifício corporativo de madeira flutuante em Roterdã" [Powerhouse Company Designs Floating Timber Office for Rotterdam] 26 Jan 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/932420/powerhouse-company-projeta-edificio-corporativo-de-madeira-flutuante-em-roterda> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.