Ampliar imagem | Tamanho original
A fronteira terrestre entre os Estados Unidos e o México é uma das mais movimentadas do mundo. Somente pelo Porto Terrestre Mariposa, localizado na cidade de Nogales, Arizona, cerca de 2,8 milhões de veículos provenientes do México atravessam a fronteira anualmente. O porto seco de Nogales, construído na década de setenta, também é responsável pela entrada de 37% de tudo aquilo que os Estados Unidos importa do país vizinho. No início dos anos 2000, o Porto Terrestre Mariposa passou por um amplo projeto de reforma e ampliação. Concluído em agosto de 2014, o novo edifício da aduana de Nogales é uma moderna estrutura de mais de doze mil metros implantada em um terreno de vinte e dois hectares. Portos são estruturas essenciais dentro do sistema econômico de um país, edifícios por onde passam todas as mercadorias e produtos que se importa e exporta. O Porto Terrestre Mariposa cresceu exponencialmente ao longo das últimas décadas, passando de uma modesta estação de fronteira a um dos mais movimentados portos secos entre os Estados Unidos e o México. No início dos anos 2000, a antiga estrutura fronteiriça de Nogales passou a ser um problema e a necessidade de modernizá-la e expandi-la tornou-se uma urgência para o país. O principal desafio era construir uma estrutura mais eficiente, a qual facilitasse as atividades de inspeção e controle de um enorme fluxo de caminhões, carros, ônibus, trailers, pedestres e ciclistas, reduzindo o congestionamento e os tempos de espera além é claro, de otimizar o fluxo de mercadorias entre os países. De forma muito inteligente, a equipe de arquitetos do Jones Studio propôs uma nova tipologia de edifício, a qual foi desenvolvida a partir de um estudo para a otimização dos fluxos e dos sistemas de circulação de bens e pessoas. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar