Cemitério Memorial Parque das Cerejeiras / Crisa Santos Arquitectos

Cemitério Memorial Parque das Cerejeiras / Crisa Santos Arquitectos

© Lucas Fonseca © Isis de Oliveira © Marcelo Oséas © Lucas Fonseca + 56

Jardim Angela, Brasil
  • Equipe De Projeto: Crisa Santos, Dayane Cardoso, Michelle Resende, Vera Ligia
  • Projetistas: Maria Beatriz Monteiro, Ana Paula Ribeiro, Rodrigo Shuttleton, Ignez Souza
  • Consultores Calculistas Madeira: Stamade, Rewood, Carpinteria
  • Engenheiro Fundação: Ebratec
  • Construtora: Força Bruta, Rewood e Carpinteria (execução da montagem das estruturas de madeira), Serralheria Cancela
Mais informações Menos informações
© Isis de Oliveira
© Isis de Oliveira

Descrição enviada pela equipe de projeto. Crisa Santos tem uma peculiaridade única ao desenvolver projetos com foco na neuroarquitetura, que utiliza de ciência para criar projetos que oferecem sensações e percepções, provocando emoções aos usuários, visa o aumento de consciência e compreensão dos impactos da arquitetura sobre o cérebro e os comportamentos humanos. Exemplo disso é o projeto de revitalização do Parque das Cerejeiras, localizado no Jardim Ângela, Zona Sul de São Paulo. Referência na capital paulista, o cemitério, de 300 mil metros quadrados de área, tem a arquitetura abraçada pela natureza em uma simbiose perfeita, ressignificando o contato do ser humano com as suas sensações mais instintivas a fim de restabelecer o luto de forma mais natural, através da prática da biofilia. Utilizando-se da arquitetura paramétrica para algumas estruturas, além do uso dos ambientes ao ar livre, Crisa Santos concebeu este complexo voltado para o público dos bairros periféricos da região Zul da capital paulista.

© Marcelo Oséas
© Marcelo Oséas
Implantação
Implantação
© Isis de Oliveira
© Isis de Oliveira

O Parque das Cerejeiras é uma galeria a céu aberto, com esculturas, obras de arte e instalações criadas exclusivamente para o local. “Além de aprender o lado religioso e da espiritualidade, também expandi meu aprendizado com profissionais como geriatras, psiquiatras e psicólogos, a fim de entender o processo de luto. Queria, a partir de conversas e pesquisas, entender como os enlutados querem ser amparados, e como esse luto pode ser cuidado”, explica Crisa. “Também recorri a uma extensa pesquisa que o Sincep (Sindicato dos Cemitérios e Crematórios Particulares do Brasil) fez, indagando as pessoas em luto o que eles buscavam no processo: pensavam em acolhida, fluidez, transformação”. 

© Isis de Oliveira
© Isis de Oliveira

Crisa, então, tomou partido de uma iniciativa que foca na pessoa que fica: “proporcionamos espaços para que ela viva o luto em sua totalidade e da maneira mais branda possível. Causamos impactos construtivos para que a pessoa se sinta viva, mesmo na dor”. Em uma experiência que transpõe o metafísico, Crisa lança mão de elementos inusitados, como por exemplo, o portal da entrada do Parque das Cerejeiras: construída em madeira, a estrutura paramétrica remete ao movimento de um voo para um lugar sagrado; morrotes na grama fazem alusão à alma se elevando, uma ascensão aos céus; esta portaria reforça a liberdade de ir e vir do visitante e da comunidade que mora no entorno.

© Isis de Oliveira
© Isis de Oliveira
Praça da Eternidade - Planta
Praça da Eternidade - Planta
© Isis de Oliveira
© Isis de Oliveira

Um dos elementos mais simbólicos do Parque das Cerejeiras, a Praça da Eternidade é formada por diversos trechos com chapas de aço em movimento espiral, trazendo uma narrativa que faz uma alegoria a todas as fases da vida: nascimento, adolescência, fase adulta, geração dos filhos, a maturidade e a passagem. As curvas das chapas representam os capítulos dessa narrativa e assumem o papel de guardiã de nomes impressos em sua superfície. “A praça é um manifesto de vida e nela pulsa conectividade. É um local de afeto que assinala o parque como território de reencontros perpétuos”, explica a arquiteta.

© Lucas Fonseca
© Lucas Fonseca

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Av. Parque das Cerejeiras, 300 - Jardim Angela, São Paulo - SP, 04966-180, Brasil

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Cemitério Memorial Parque das Cerejeiras / Crisa Santos Arquitectos" 26 Dez 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/930860/cemiterio-memorial-parque-das-cerejeiras-crisa-santos-arquitectos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.