Ampliar imagem | Tamanho original
A bioconstrução consiste no processo construtivo através de materiais e técnicas de baixo impacto ambiental, além da adequação da arquitetura às condições locais e tratamento de resíduos durante a ocupação do edifício. Portanto, construir com base nesses princípios não significa necessariamente utilizar materiais ditos sustentáveis, que frequentemente precisam ser transportados por longas distâncias ou passar por algum processo de pré-fabricação antes de serem empregados, mas utilizar materiais, técnicas e mão-de-obra locais, tendo como base estratégias vernaculares que levam em consideração estes fatores.  Para prover informações sobre a bioconstrução e incentivá-la como forma de tornar as comunidades mais independentes, o Ministério do Meio Ambiente disponibiliza uma cartilha online que pode ser acessada gratuitamente. Também com o intuito de ampliar o repertório acerca do tema e incentivar a sua prática, apresentamos algumas das técnicas mais utilizadas em terra, madeira, palha e bambu, considerando que as possibilidades de técnicas bioconstrutivas extrapolam os exemplos aqui citados e devem ser estudadas cuidadosamente a depender do contexto de implantação. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar