Ampliar imagem | Tamanho original
O World Architecture Festival anunciou recentemente os vencedores da terceira edição do Architecture Drawing Prize, com menção especial para o arquiteto alemão Anton Markus Pasing, quem recebeu o grande prêmio pelo trabalho intitulado ‘City in a box: paradox memories’.  Além de ser coroado com o grande prêmio do concurso, Anton Markus Pasing recebeu o primeiro prêmio na categoria Desenho Digital. O alemão é conhecido por uma abordagem da arquitetura pra lá de experimental, misturando projeto, design, protótipos e artes plásticas. ‘City in a box: paradox memories’ é uma representação de uma cidade desconhecida, carregada de histórias as quais encontram-se contidas em uma grande caixa. Na concepção de Pasing, a cidade-caixa encontra-se em um ‘estado intermediário’, ou seja, ela pode existir e não existir ao mesmo tempo, ser real e fictícia simultaneamente. O próprio artista acrescenta: “Eu sou fascinado pelos processos digitais e os utilizo de diversas formas para desenvolver meu trabalho. Estes processos me permitem obter representações complexas além de me permitirem criar narrativas visuais que de outra forma não seria possível. Não estou preocupado em construir respostas ou soluções, mas criar projetos capazes de levantar outras questões ou simplesmente para ilustrar minhas próprias histórias.” Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar