Ampliar imagem | Tamanho original
Eleita Capital Europeia da Cultura em 1994 e Capital Ibero-Americana da Cultura 2017, Lisboa tem sido destino de turistas de muitas partes do mundo nos últimos anos. Com uma programação cultural pujante, a cidade é sede de importantes acontecimentos relacionados à arte, à música, ao cinema, e, como não poderia faltar, à arquitetura. A Trienal de Arquitectura de Lisboa e o Open House - evento que organiza visitas guiadas gratuitas a edifícios marcantes de cidades ao redor do mundo - são alguns desses acontecimentos de relevância no campo arquitetônico, responsáveis por divulgar, debater e refletir questões ligadas à área.  Além de programações ligadas à arquitetura, Lisboa tem visto nos últimos anos o surgimento de novos equipamentos, como museus, centros culturais e teatros, além da requalificação de espaços públicos. A construção ou requalificação dessas estruturas,  relacionadas direta ou indiretamente à movimentação cultural na cidade, podem ser controversas, levantando questões como a gentrificação e o aumento do turismo de massa - tema de um artigo publicado anteriormente no ArchDaily Brasil. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar