Ampliar imagem | Tamanho original
Após séculos utilizando a madeira para o desenvolvimento de carpintaria de janelas e portas, o racionalismo do século XX começou a adotar um novo material para esses fins: o aço. Impulsionado pela produção industrial e promovido por arquitetos como Adolf Loos, Mies van der Rohe e Le Corbusier, o aço evoluiu para gerar estruturas cada vez mais finas e resistentes. No entanto, materiais eficientes e de baixo custo, como alumínio e PVC, começaram gradualmente a substituir seu uso maciço, aumentando a dimensão dos marcos e removendo a "limpeza" de uma arquitetura que começou a integrar grandes painéis de vidro em suas fachadas. . Atualmente, as novas tecnologias aprimoram seus processos de produção, desenvolvendo perfis mínimos de alta rigidez e precisão, que aproveitam ao máximo a transparência do vidro e oferecem novos recursos de conforto e segurança. Conversamos com os especialistas da empresa Jansen para aprofundar sua aplicação na arquitetura contemporânea. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar