Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Residência Goetsenhoven / AST 77 Architecten

Residência Goetsenhoven / AST 77 Architecten

© Steven Massart © Steven Massart © Steven Massart © Steven Massart + 18

Renovação  · 
Tienen, Bélgica
  • Arquitetos: AST 77 Architecten
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 354.0 m2
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2013
  • Fotógrafo Fotografias: Steven Massart
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: EQUITONE, Eternit, ISO.finish, Thermowood, Trimble Navigation, Vectorworks
  • Arquitetos Responsáveis

    Arq.- eng. Peter Van Impe
  • Equipe de Projeto

    Arq.- eng. Peter Van Impe
  • Clientes

    De Clerck - Borghgraef
  • Engenharia

    Arq.- eng. Peter Van Impe, ir. Ignaz Wuestenbergs
  • Colaboradores

    2B-Safe,VB-Bowuwerken, Alu 2+,Grootjans timmerwerken, RS Project, Elektrowerken Degens, Toca bvba, Mertens Parket bvba, Hobbygro & Makke dakwerken
Mais informações Menos informações
© Steven Massart
© Steven Massart

Intervenções mínimas, metamorfose máxima

De uma casa suburbana comum a uma elegante edificação com identidade forte. Essa é a transformação que ocorre em Tienen, na Bélgica. O principal incentivo da reforma foi otimizar a orientação sem a demolição radical do volume principal.

© Steven Massart
© Steven Massart

Em 2020, o morador comprou a casa do outro lado da rua. Conhecendo-a, percebeu o seu potencial construtivo e teve a ambição de dar à ela um visual mais contemporâneo. Além disso, o cliente desejava uma garagem funcional e, acima de tudo, uma forte relação com o quintal e os campos no seu entorno, vistas panorâmicas sobre as encostas dos prados, onde as regiões flamenga e valônia da Bélgica se encontram.

© Steven Massart
© Steven Massart

Para materializar seus desejos, o jovem casal se uniu ao arquiteto Peter Van Impe, do escritório de arquitetos e engenheiros AST 77. Procurando um ajuste perfeito para seus clientes, Peter Van Impe partiu de uma folha em branco, encontrando respostas para suas demandas com a morfologia complexa da localização em mente. Sua solução foi livrar-se de todos os pequenos anexos construídos ao longo dos anos, mantendo apenas a edificação principal. Dois novos volumes foram adicionados, uma garagem com instalações técnicas e um espaço de convivência.

Planta - térreo
Planta - térreo
Corte transversal
Corte transversal

Um corredor de vidro conecta o novo espaço aberto, localizado na parte posterior do terreno, com a edificação existente. Essa abordagem traz muitas vantagens: a casa foi dividida em área noturna e diurna. Quando as crianças estão dormindo, os pais podem continuar suas atividades na sala de estar sem atrapalhar os pequenos. Graças ao uso do vidro, há uma conexão visual clara entre as duas entidades e graças ao corredor, dois pátios foram formados entre o volume existente e o novo. Esse espaço aberto permite que a luz do sol entre na edificação tanto pela manhã quanto à tarde.

© Steven Massart
© Steven Massart

O volume novo e o existente são revestidos com os mesmos materiais. Peter Van Impe escolheu os revestimentos de madeira e fibrocimento devido à sua sustentabilidade. Contemplando a edificação desde a rua, o térreo é coberto com Thermowood. Entre as ripas de madeira, existe um espaçamento de 3 cm. Isso fornece um forte jogo vertical de linhas, mas também garante um envelhecimento uniforme das ripas. No primeiro pavimento do volume principal, o arquiteto escolheu um revestimento em fibrocimento cinza. Para manter as proporções da edificação e a dualidade com o térreo, foram desenhados painéis horizontais. Os tamanhos dos painéis variam e são empilhados em uma relação aleatória.

© Steven Massart
© Steven Massart

Em se tratando da base técnica, o arquiteto escolheu um sistema econômico, mas com o máximo de opções para o futuro. Hoje, um boiler de compensação que trabalha com gás natural fornece a energia necessária para calefação e água quente. Como toda a edificação trabalha com um regimento de baixa temperatura, o proprietário pode facilmente mudar no futuro para uma bomba de aquecimento.

© Steven Massart
© Steven Massart

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Residência Goetsenhoven / AST 77 Architecten" [Goetsenhoven House / AST 77 Architecten] 06 Nov 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/927453/residencia-goetsenhoven-ast-77-architecten> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.