Ampliar imagem | Tamanho original
O Arquicast Entrevista da semana fala sobre o trabalho de um arquiteto mineiro com reconhecimento internacional. Formado pela Escola de Arquitetura da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) em 1973, Gustavo Penna fundou seu escritório GPA&A no mesmo ano e desde então está instalado em um casarão centenário no centro de Belo Horizonte. Conquistou diversos prêmios internacionais e seus trabalhos já foram expostos no Brasil e no mundo, como a Bienal de Arquitetura, em São Paulo, a Bienal de Veneza, a Trienal de Arquitetura Mundial, em Belgrado e o Institut Français d’Architecture, em Paris.  Gustavo e Laura falam com entusiasmo do processo de projeto no escritório e das influências em sua arquitetura. A referência à nomes consagrados da arquitetura brasileira aparece como natural ao ambiente de produção. Mas chama a atenção a importância que dão às outras disciplinas como alimento ao processo criativo e operacional do arquiteto. O convívio com artistas é mencionado como forma de valorizar o olhar sensível e ampliar o repertório poético da criação. A interdisciplinaridade com outros saberes da ciência urbana também contamina o cotidiano da prática, sendo a presença de geógrafos, sociólogos, engenheiros, entre outros, uma constante na dinâmica do escritório, que opera em diversas demandas programáticas e escalas diferentes.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar