Residências Lom.Haijai / Studionomad

Residências Lom.Haijai / Studionomad

© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul+ 25

Khet Lat Phrao, Tailândia
  • Arquitetos Responsáveis:Tanokorn Wangpeerawong, Choat Aussawasuteerakul
  • Clientes:Sook Estate Co.,Ltd.
  • Paisagismo:Ms. Jutaporn Yontamoot
  • Cidade:Khet Lat Phrao
Mais informaçõesMenos informações
© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul
© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul

Descrição enviada pela equipe de projeto. O projeto residencial Lom Hai Jai, em Bangkok, foi desenvolvido com o principal objetivo de fornecer uma alternativa ao mercado habitacional da capital tailandesa, dominado por blocos de edifícios de dois à quatro pavimentos, isolados e e sem nenhuma conexão com o exterior. A ideia era construir um condomínio que aproximasse seus moradores da natureza, integrando arquitetura e paisagem de forma a proporcionar melhores condições de iluminação e ventilação natural. O projeto Com Hai Jai se revela como uma vitrine de novas possibilidades para a arquitetura residencial de Bangkok, uma antítese da tipologia residencial dominante na maior parte da cidade. Procuramos desenvolver um projeto único a um preço acessível, proporcionando níveis ideais de privacidade para cada morador e construindo uma alternativa a tradicional tipologia de casas geminadas de Bangokok.

© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul
© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul

O projeto é composto por cinco unidades residenciais de três pavimentos, atravessadas por um pátio central que organizada e distribui o programa. A posição do pátio foi posicionada estrategicamente de forma que o edifício contasse com múltiplas "frentes", espaços voltados para o jardim e amplamente iluminados, uma solução atípica para o tradicional condomínio urbano do centro da cidade. A fachada frontal das casas funciona como um elemento de transição entre o espaço privado e público, incorporando jardins e jardineiras entre o edifício e a cidade. A privacidade é preservada através da fachada dupla, permitindo que os moradores mantenha a casa aberta e ventilada o ano todo e sem se incomodar com os vizinhos.

© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul
© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul
© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul
© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul

As aberturas que transpõem a linha de fachada foram criadas especificamente de acordo com cada árvore, transformando-se em elementos característicos de cada unidade. Todos os espaços da casa se conectam diretamente com o pátio, proporcionando ainda que cada ambiente conte com duas ou mais aberturas, maximizando as condições de iluminação e ventilação natural e com isso, reduzindo o consumo de energia ao longo do dia e do ano. A varanda aberta para o jardim no segundo pavimento é incorporada na sala de estar, aproximando a natureza do espaço interior da casa e proporcionando uma arquitetura mais aprazível para a cidade e seus moradores.

© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul
© Supee Juntranggur / Choat Ausswasuteerakul

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: "Residências Lom.Haijai / Studionomad" [Lom.Haijai Residences / Studionomad] 30 Out 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/927276/residencias-loaijai-studionomad> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.