Praça Amatrice Polo del Gusto / Stefano Boeri Architetti

Praça Amatrice Polo del Gusto / Stefano Boeri Architetti

© Paolo Rosselli© Paolo Rosselli© Giovanni Nardi© Paolo Rosselli+ 15

Amatrice, Itália
  • Coordenadores De Projeto:Corrado Longa, Marco Giorgio
  • Equipe De Projeto:Julia Gocalek, Daniele Barillari
  • Cliente/Promotor:“Un aiuto subito. Terremoto Centro Italia 6.0” – Corriere della Sera – TgLA7
  • Beneficiário:Cidade de Amatrice
  • Equipe De Construção:Filiera del legno Friuli Venezia Giulia – ATI Domusgaia srl and Legnolandia srl
  • Engenharia Estrutural:Eng. Mirko Degano, Eng. Loris Borean
  • Design De Sistemas:Paolo Zuccolo
  • Análise Econômica:GAD srl
  • Planejamento Urbano:Sandro Stefanini
  • Cidade:Amatrice
  • País:Itália
Mais informaçõesMenos informações
© Giovanni Nardi
© Giovanni Nardi

Descrição enviada pela equipe de projeto. Após o terremoto que devastou a cidade de Amatrice e as cidades vizinhas em 2016, houve uma necessidade urgente de uma intervenção que proporcionasse um local de encontro temporário no qual todas as atividades sociais e de alimentação interrompidas pelo terremoto pudessem encontrar um novo lar. A nova Praça Amatrice del Gusto, Tradizione e Solidarietà foi criada a partir do projeto de Stefano Boeri Architetti, graças aos recursos arrecadados pelo Corriere della Sera e TgLa7 por meio da articulação Un aiuto subito. Terremoto Centro Italia 6.0”, que arrecadou 8 milhões de euros, dos quais 5 milhões foram utilizados na construção do novo Centro de Amatrice.

© Paolo Rosselli
© Paolo Rosselli

O conceito baseia-se no modelo de uma praça multiuso capaz de se tornar um local de encontro e troca social e onde os habitantes podem tirar proveito de uma gama de serviços diferentes. A nova praça, com cantina escolar e oito restaurantes, cobre uma área de 2.500 metros quadrados.

© Paolo Rosselli
© Paolo Rosselli

O projeto teve que atender a várias demandas, incluindo a necessidade de um curto tempo de implementação, a natureza multi-uso da estrutura e, acima de tudo, sua função de fornecer apoio à população local. Em suma, Stefano Boeri Architetti criou um símbolo do renascimento da cidade de Amatrice: o verdadeiro valor do projeto está em sua natureza de apoio e no que esse espaço representa para todos os moradores de Amatrice: a possibilidade de recomeçar novamente.

Layout
Layout

A proposta da estrutura principal, ou cantina, é de ser usada pelos alunos que não podem mais usar a cantina original da escola depois que ela foi danificada pelo terremoto. O edifício ocupa uma área de cerca de 490 metros quadrados, com 150 assentos, em um único andar com três paredes laterais totalmente envidraçadas e uma grande cobertura inclinada que oferece uma vista do Monti della Laga. Além das áreas para alimentação, a edificação abriga uma série de áreas de serviço destinadas a cozinhas, salas de preparação e armazenamento, banheiros, vestiários, lavanderias, espaços técnicos e depósito de resíduos.

© Paolo Rosselli
© Paolo Rosselli

Como nas praças históricas da Itália, onde a Igreja era o indiscutível ponto de encontro, cercada por oficinas de artesãos, aqui a cantina é cercada por outros edifícios que destacam ainda mais o valor do projeto como praça e local de convívio. Os edifícios circundantes foram projetados para acomodar 8 restaurantes que foram destruídos pelo terremoto, proporcionando assim trabalho aos moradores mais uma vez. Foi calculado que 100 empregos serão recriados graças a essas estruturas, mantendo assim uma das atividades econômicas mais significativas da cidade e tentando reviver a economia turística local, que sempre foi uma importante fonte de renda.

© Giovanni Nardi
© Giovanni Nardi

Os restaurantes terão diferentes áreas, variando de 85 a 500 metros quadrados, dependendo das necessidades. Cada edifício será então equipado com uma estrutura leve de aço e madeira para acomodar as mesas externas durante o verão. O projeto também prevê a instalação de mobiliários, cozinhas e áreas de serviço projetadas para serem modulares e facilmente montadas, enquanto a preparação das áreas de mesas será um elemento de diversificação, variando de acordo com cada um dos restaurantes, a fim de dar uma sensação de reconhecimento e personalização para os vários ambientes.

Elevações
Elevações

A área da intervenção também receberá áreas de estacionamento, embarque e desembarque e uma rua de serviço na parte posterior de cada módulo, destinada a entregas e descarte de resíduos. Toda a área do projeto também receberá toda a infraestrutura necessária para o funcionamento das estruturas, além de conexões com as redes existentes.

© Giovanni Nardi
© Giovanni Nardi

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos

Localização do Projeto

Endereço:02012 Amatrice, Rieti, Itália

Clique para abrir o mapa
Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Praça Amatrice Polo del Gusto / Stefano Boeri Architetti" [Amatrice Polo del Gusto Square / Stefano Boeri Architetti] 27 Out 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/926843/praca-amatrice-polo-del-gusto-stefano-boeri-architetti> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.