Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Reforma e ampliação da Igreja St. Margaret em Eltham / Atelier Wagner

Reforma e ampliação da Igreja St. Margaret em Eltham / Atelier Wagner

© Trevor Mein © Trevor Mein © Trevor Mein © Trevor Mein + 28

Eltham, Austrália
  • Arquitetos: Atelier Wagner
  • Área Área deste projeto de arquitetura Área: 322.0 m2
  • Ano Ano de conclusão deste projeto de arquitetura Ano: 2015
  • Fotógrafo Fotografias: Trevor Mein
  • Fabricantes Marcas com produtos usados neste projeto de arquitetura
    Fabricantes: Interface, Porters Paints, Shingle Roofing Systems, Solver, elZinc
  • Arquitetos responsáveis

    David Wagner e Jacqui Wagner
  • Equipe de projeto

    David Wagner, Jacqui Wagner, Natasha Wheatland, Jo Wheelahan
  • Construtor

    Conrad Constructions
  • Engenharia de estruturas

    BHS Engineers
  • Projeto elétrico

    BRT Consultants
  • Acústica

    Watson Moss Growcott
Mais informações Menos informações
© Trevor Mein
© Trevor Mein

Descrição enviada pela equipe de projeto. Construída em 1861 segundo projeto do arquiteto australiano Nathaniel Billing, a Igreja Anglicana de St.Margaret é um edifício de arquitetura neogótica implantado no topo de uma colina da Pitt Street, em Eltham na região metropolitana de Melborne, Austrália. Tombado pelo patrimônio histórico do estado de Victoria, este pequeno edifício de tijolos conta com uma dúzia de contrafortes, uma volumetria geometrizada e uma torre central com sino. Além de suas características únicas e protegidas, o edifício projetado por Billing apresentava uma parede posterior temporária, concebida para facilitar uma futura expansão da nave da igreja. Finalmente, no ano de 2015, David e Jacqui Wagner assumiram a responsabilidade de completar este projeto, dobrando praticamente o espaço do edifício original. No outro extremo da propriedade, há dois outros edifícios de interesse histórico, a Casa Dendy, construída em 1870 para abrigar o presbitério da igreja, assim como o salão comunitário concebido em 1978 por Robert Marshall. Para além da ampliação do espaço de culto da igreja, o projeto desenvolvido pela dupla do Atelier Wagner procura criar novas relações entre estes três edifícios, definindo um novo acesso que combina e organiza seus diferentes programas.

© Trevor Mein
© Trevor Mein
Planta do térreo
Planta do térreo
© Trevor Mein
© Trevor Mein

Como uma extrusão do volume original de Billing, o projeto de expansão da igreja se projeta em sua forma de telhado de duas águas ampliando o corpo do edifício tombado, diferenciando-se dele através de sua materialidade e o nível, ligeiramente mais baixo, da linha de cumeeira da cobertura. A segmentação da estrutura do telhado em faixas, deslocadas umas das outras, permitiu aos arquitetos inserir uma série de aberturas envidraçadas com orientação sul, permitindo a entrada de luz natural difusa para melhor iluminar o espaço historicamente escuro da igreja. O vitral original que ocupava a parede provisória do antigo edifício foi relocado assimetricamente na nova parede norte, reconstruído parte da antiga atmosfera do espaço e dando as diretrizes para a futura incorporação de um coral ou capela.

© Trevor Mein
© Trevor Mein
© Trevor Mein
© Trevor Mein

As telhas de ardósia parecem uma cascata que cai da cobertura e se esparrama pelas paredes do novo edifício, liberando o volume de elementos indesejados como a calha, encaminhando a água da chuva vagarosamente até a superfície de seixos rolados que incorporam o sistema de drenagem de águas pluviais. Formalmente, as telhas de ardósia remetem à cobertura do telhado original, que parece dissimular-se frente à diversidade de tonalidades da alvenaria além de demandarem pouca manutenção. Internamente, o projeto de extensão foi concebido para permitir duas configurações, tanto para uma ocupação longitudinal expandida quanto para um arranjo radial a partir de um segundo púlpito lateral. O forro, tanto do antigo edifício quando do novo, foi revestido como um carpete com textura em espinha de peixe simulando o antigo forro de madeira que cobria a superfície elevada do edifício original.

© Trevor Mein
© Trevor Mein

Entre o novo volume expandido da igreja e o edifício de tijolos ao lado, foi inserido um hall de aceso aberto e coberto por uma laje em balanço que faz a amarração entre estes dois edifícios, senão três, de arquiteturas tão desiguais. Abaixo deste grande plano que parece flutuar entre os dois edifícios, a fachada de vidro praticamente desaparece, atuando como um vazio que conecta os espaços, marcando claramente o novo acesso da igreja e convidando os visitantes a entrarem. A fachada envidraçada foi sutilmente recuada para soltar o novo volume do corpo do edifício da igreja, enquanto que aberturas permanentes no topo da estrutura permitem a ventilação cruzada constante e suas portas dobráveis permitem ampliar ou reduzir o espaço de culto de acordo com as necessidades específicas de cada dia. A reforma do edifício contíguo incorpora uma nova cozinha, espaços de banheiros, uma loja de souvenires e um pequeno espaço para reuniões. O projeto de ampliação e integração dos espaços da igreja e da Casa  Dendy foi concebido para melhor acomodar os fiéis da comunidade local, permitindo novos arranjos e ampliando a capacidade da igreja, além de celebrar a historia e a arquitetura da Igreja de St.Margaret em Eltham.

© Trevor Mein
© Trevor Mein

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos

Localização do Projeto

Endereço: Pitt St, Eltham VIC 3095, Austrália

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Cita: "Reforma e ampliação da Igreja St. Margaret em Eltham / Atelier Wagner" [St. Margaret’s Eltham Church / Atelier Wagner] 30 Set 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/925606/reforma-e-ampliacao-da-igreja-st-margaret-em-eltham-atelier-wagner> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.