Ampliar imagem | Tamanho original
’Sucucho: nome masculino coloquial depreciativo. Habitação pequena, suja, precária, mal iluminada e mal ventilada’. A chamamos de Sucucho, e esta é a nossa casa-estúdio. Sucucho é uma forma irônica de nos referirmos a o que buscamos quando a idealizamos. O objetivo inicial saiu justamente disso, desenhar e executar uma casa-sucucho, entendida como um espaço pequeno onde deveria ser resolvida a casa e o espaço de trabalho. A ironia reside no fato de que, se um sucucho remete a algo precário, mal iluminado e mal ventilado, nosso imperativo foi, desde o início, conseguir precisamente o contrário, mas ao mesmo tempo conseguir isso em um espaço reduzido que nos permitisse, pelo próprio tamanho, custeá-lo economicamente nas condições de contexto que necessitávamos e desejávamos: uma casa em um lote de Rosario, descartando nesse sentido a perspectiva de migrar para a área metropolitana, de transição rural-urbana, tão recorrente nos últimos anos como forma de adquirir lotes a um custo acessível. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar