Ampliar imagem | Tamanho original
O Conjunto Residencial Armando de Arruda Pereira, conhecido como Edifício Japurá, apresentado ao IAPI em 1945, pelo arquiteto Eduardo Kneese de Mello, destaca-se por ser uma experiência pioneira de produção de moradias econômicas na área central e por representar uma das primeiras aplicações do conceito corbusiano de unité d’habitation no país. O caráter modernizador da intervenção não se limitava à influência corbusiana, com a utilização de elementos como térreo livre, teto-jardim e unidade duplex. A concepção do edifício articulou o conceito de habitação mínima com economia e racionalidade, buscando o melhor aproveitamento do solo e seu uso público. Sua promoção estava relacionada com a renovação da área central, decorrente da implantação do Plano de Avenidas, tendo substituído um dos maiores complexos de cortiços da capital paulista, situado junto ao Anel de Irradiação, fato que lhe conferiu um caráter higienizador e de controle social.​ Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar