Ampliar imagem | Tamanho original
O acervo de arte do morador é o encantamento desta residência. Para a exposição da coleção dele o projeto se fiou em acabamentos de tons atemporais. A neutralidade foi um caminho imbatível, ainda que o apartamento tivesse espaço tão generoso. Na realidade, esse foi um resultado perseguido e alcançado com obras estruturais que tornaram o espaço mais amplo, integrado e que preservou a privacidade do espaço de televisão de maneira inteligente com uma estante entremeada de vãos. Sem as antigas divisões entre varanda, sala e hall de entrada, a área living dobrou de tamanho. E o mobiliário sem apoios, como a aparador suspenso que pende no espaço é uma verdadeira declaração artística. O encaixe das ripas foi essencial neste efeito de disfarçar as bases e criar leveza. Com esse ambiente tão clean, naturalmente a cave para armazenar até 60 garrafas não precisava aparecer e ficou disfarçada atrás do pórtico de entrada. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar