Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Um retrato da realidade atual dos refugiados no mundo, por Ai Weiwei

Um retrato da realidade atual dos refugiados no mundo, por Ai Weiwei

Até a atual data, cerca de 65 milhões de sessões no mundo foram forçadas a abandonar seus lares devido às guerras que se vivem em diversos lugares do mundo, deixando para trás seu patrimônio, anos de história, anos de esforço para se lançar à deriva. Muitas dessas famílias são obrigadas a atravessar oceanos e diversos tipos de territórios em busca de um futuro promissor para começar do zero. Estes trajetos levam consigo assentamentos irregulares onde muitas pessoas morrem devido à abundância de doenças e ao desabastecimento de medicamentos, comida e água potável.

Poderia parecer ficção, mas estas são algumas das realidades que milhões de pessoas vivem cotidianamente em um esforço por sobreviver ao que é este mundo em movimento. Muito se disse nos últimos anos pelos políticos e especialistas acerca dos milhões de refugiados que fogem da guerra, da fome e da perseguição. No entanto, à medida que os debates fazem furor sobre "quem e quantos", continuam sendo erguidos muros ou construídas pontes para dividir ou conectar os sonhos das pessoas que habitam o mesmo planeta, pessoas que longe de construir estatísticas ou massas abstratas, são isso: indivíduos com redes afetivas e anseios como qualquer outro.

É por isso que o artista e ativista Ai Weiwei, mundialmente reconhecido por colocar este tipo de debate sobre a mesa, apresenta o documentário "Human Flow", um retrato lançado em 13 de outubro de 2017, que apresenta a realidade dos refugiados e sua trajetória para alcançar segurança, refúgio e paz. A carreira de Ai Weiwei sempre esteve focada em resistir a fronteiras de todo tipo, assim como unificar a arte e o ativismo.

Como artista, sempre acredito na humanidade e vejo esta crise como uma crise minha. Vejo estas pessoas que vivem nos barcos como minha família. Poderiam ser meus filhos, poderiam ser meus pais, poderiam ser meus irmãos. Não me vejo diferente deles. Podemos falar idiomas totalmente diferentes e ter sistemas de crenças totalmente diferentes, mas eu os entendo. Da mesma forma que eu, eles também tem medo do frio e não gostam de estar embaixo de chuva ou ter fome. Como eu, precisam de uma sensação de segurança.
- Ai WeiWei

Para assistir ao documentário completo visite a página oficial de "Human Flow" aqui.

Sobre este autor
Cita: Arellano, Mónica. "Um retrato da realidade atual dos refugiados no mundo, por Ai Weiwei" [Un retrato sobre la realidad actual de los refugiados en el mundo, por Ai Weiwei] 14 Jul 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/920753/um-retrato-da-realidade-atual-dos-refugiados-no-mundo-por-ai-weiwei> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.