Ampliar imagem | Tamanho original
A exposição “Vkhutemas: O Futuro em construção 1918-1930” com curadoria de Neide Jallageas e Celso Lima abre suas portas no Sesc Rio Preto, onde fica até 21 de julho de 2019. A anti-mostra recria cerca de 300 projetos de 75 artistas e tem como proposta abordar a pedagogia da escola soviética de arte, design e arquitetura como uma possibilidade de futuro. Acrônimo de Ateliês Superiores Técnico-Artisticos Estatais, o Vkhutemas abriu em 1928 logo após a revolução soviética, e foi fechado em 1930 por Stálin. A mostra tem assinando o projeto expográfico Ricardo Amado e na identidade visual o coletivo Goma Oficina, que também foi responsável pela recriação das seis maquetes presentes na exposição: o Instituto Lênin de Ivan Leonídov, a Sonata para o Sono de Konstantín Miélnikov, a Composição n.12  de Aleksandr Ródchenko,  os Arkhitektons Gotha e Alpha de Kazimír Maliévitch,  os Imitabichos de Varvara Stepanova e Alexandr Ródchenko e o Monumento à III Internacional de Vladimir Tátlin, também conhecido como Torre Tátlin, construída ineditamente no Brasil. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar