Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto está localizado em uma estrada de acesso à cidade de Montevidéu, a partir da costa e do aeroporto, à beira de um lago e em frente a uma grande floresta de eucaliptos, na qual se delineia sua figura abstrata e clara. Um enclave na entrada da cidade. A edificação procura ser um pedaço da própria paisagem em que está inserida. A abstração geométrica do volume dialoga com a escala do parque e fornece as dimensões do objeto que está posicionado em uma das rotas de entrada à cidade. A edificação procura sair de escala para estar em escala, ser uma peça na escala do lugar, ser textura como o parque, ser um marco no caminho. Lida-se com simplicidade volumétrica a partir de uma peça branca na parte superior, sendo que no térreo, o volume é revestido de aço corten. Uma cobertura, na escala do lago possibilita o acesso por meio de uma marquise horizontal e linear. A edificação começa a fazer parte da paisagem marcando claramente na entrada de um trecho da cidade. Sua imagem começa a ser entendida na escala do local. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar