Ampliar imagem | Tamanho original
O projeto nasceu como uma extensão e distribuição de uma casa existente na área agrícola de Breda di Piave, na província de Treviso. A construção inicial representa a cabeceira de uma casa rural com antigos muros, enquanto a nova extensão se posiciona perpendicular a esta estrutura, se alinhando com as fileiras de vinhedos vizinhos, respeitando os limites urbanos impostos e liberando a porção máxima de jardim possível para o lado oeste. A secção do primeiro nível é um setor ampliado que se conecta com uma escada que intervém de maneira simples nos ambientes existentes. Na nova estrutura, a sala de estar encontra-se num espaço único aberto, flanqueado por um compartimento técnico e um novo banheiro. Desde o ponto de vista do desenho arquitetônico, a casa é caracterizada pelo teto de dupla inclinação e os dois signos que explicam a natureza dos proprietários: por um lado, o homem, nascido e criado neste contexto rural no qual o brise-soleil foi redesenhado numa forma contemporânea, por outro lado, sua companheira de origem inglesa encontra-se no arquétipo tipológico da janela de proa, aqui realizada de forma minimalista junto ao brise-soleil, uma alegoria da união civil e emocional do casal. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar