Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. Um diálogo entre o passado e o presente: a renovação do Hotel Fouquet Barrière

Um diálogo entre o passado e o presente: a renovação do Hotel Fouquet Barrière

Um diálogo entre o passado e o presente: a renovação do Hotel Fouquet Barrière
Um diálogo entre o passado e o presente: a renovação do Hotel Fouquet Barrière , © Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

Embora edifícios antigos tenham presença e sejam atraentes, a demolição ou a mudança radical costumam ser seu destino. Enquanto alguns profissionais preferem introduzir estruturas completamente novas, outros optam por celebrar as obras do passado que serviram de base para a cidade que existe hoje. 

Para as obras do Hotel Fouquet Barrière, em Paris, localizado a uma quadra da Avenida Champs Elysées, Edouard François foi selecionado para reformar toda a propriedade, incluindo escritórios, serviços de spa, fachada e pátios. A estratégia de projeto de François foi bastante clara e se baseou no termo “COPY-EDIT”; uma reinterpretação do “antigo” através de tecnologias e materiais contemporâneos.

© Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu © Laurian Ghinitoiu + 18

© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

O "triângulo dourado" de Paris incorpora significado e luxo, características muito enraizadas para serem esquecidas ou encobertas. Consequentemente, os arquitetos passaram a buscar um diálogo arquitetônico entre o antigo e o novo, o passado e o presente. Para destacar essa conexão entre o século XXI e a era Haussmann da França, François reproduziu as janelas, o porão, o telhado e os ornamentos característicos do edifício com painéis de concreto, alterando as dimensões destes painéis para fugir um pouco da modulação típica dos prédios de Paris. Os tons de cinza foram mantidos como uma referência à arquitetura do passado.

© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

As alterações mais profundas ocorreram internamente. A distribuição dos quartos e pavimentos já não correspondia aos níveis originais do edifício, o que influenciou o arquiteto a desenhar novas janelas em estilo contemporâneo na fachada, de acordo com as novas necessidades funcionais. Janelas de linhas simples foram implementadas na fachada, explorando a noção de diálogo entre aquilo que já existia e aquilo que é novo. 

© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

Em qualquer projeto de renovação de arquitetura de alto valor histórico, o passado é uma base ou ponto de partida. A renovação de Edouard François do Hotel Fouquet Barrière não é uma exceção; o projeto respeita o contexto arquitetônico e a elegância da cidade, ao mesmo tempo em que introduz elementos contemporâneos. Neste projeto, as modificações substanciais feitas no interior são ligeiramente reveladas na parte de fora, como se quisessem reconhecer o valor arquitetônico do hotel e da rua em que ele se encontra, porém, com um aspecto renovado.

© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu
© Laurian Ghinitoiu

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Stouhi, Dima. "Um diálogo entre o passado e o presente: a renovação do Hotel Fouquet Barrière " [A Complementary Architectural Dialogue of Past and Present in the Refurbishment of Hotel Fouquet Barrière] 30 Abr 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/916063/um-dialogo-entre-o-passado-e-o-presente-a-renovacao-do-hotel-fouquet-barriere> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.