Ampliar imagem | Tamanho original
Mada'in Salih, não distante de al-Ula (22 km), era conhecida como al-Hijr ou Hegra, pelo antigo povo nabateu, que escavava seus magníficos túmulos nas rochas de arenito dourado de Quweira. A UNESCO proclamou Mada'in Salih como um patrimônio, se tornando o primeiro Patrimônio Mundial da Arábia Saudita. Em Al-Ula, a agência MMG | O KAS - sob encomenda da jovem e dinâmica Comissão Real - criou no terreno um novo "evento cultural" em apenas 4 meses. A paisagem foi o que inspirou a arquitetura e a land art desde os nabateus até hoje. A "maraya", que significa reflexão ou espelho em árabe, é uma obra arquitetônica de land art, um projeto criado pela extraordinária história natural e social que o rodeia. A instalação de arte, arquitetura e expositiva é desenhada pelo estúdio Gio Forma com o projeto e a gestão criativa de Black Engineering Dwc-Llc. A instalação também abriga um teatro imersivo e uma exposição interativa de "espaços culturais" além de uma arte cinética. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar