Ampliar imagem | Tamanho original
O programa do governo federal Minha Casa Minha Vida corre o risco de ficar sem recursos a partir do mês de junho deste ano, declarou esta semana o ministro do Desenvolvimento Regional, Gustavo Canuto. O orçamento atual de R$ 4,17 bilhões é um dos menores desde que o projeto foi criado em 2009, durante o governo de Luiz Inácio Lula da Silva. Publicação online gratuita sobre sustentabilidade em Habitação de Interesse Social Habitação Social: 45 exemplos em planta Sob ameaça de paralisação das obras em andamento pelas construtoras, o governo aprovou na semana passada a liberação de R$ 800 milhões adicionais, que serviram para cobrir cerca de R$ 550 milhões em reembolsos atrasados mas não afastou incertezas sobre a continuidade do programa a partir de junho deste ano, segundo informações da Folha de S. Paulo.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar