Ampliar imagem | Tamanho original
Na semana passada anunciamos os 15 finalistas da Obra do Ano de 2019, um prêmio que celebra o melhor da arquitetura lusófona, convidando nossos leitores a escolherem seus projetos favoritos construídos nos países de língua portuguesa. Hoje chegou o dia de conhecer os vencedores do ODA19.  Dessa vez, três obras brasileiras receberam mais votos, que além de mostrar diversidade arquitetônica, são exemplos do impacto público que a arquitetura deve oferecer. Conheça os três vencedores a seguir! O projeto vencedor, Museu Cais do Sertão, do escritório Brasil Arquitetura, apresenta o universo do sertão em suas múltiplas vertentes formadoras de um modo de ser brasileiro. O Sesc 24 de Maio, de Paulo Mendes da Rocha e MMBB Arquitetos, já havia vencido nosso Prêmio internacional, o Building of the Year 2019, na categoria pública. Ele demonstra o poder do reuso das arquiteturas, transformando e incorporando a estrutura de uma antiga loja de departamentos abandonada há décadas em um equipamento urbano de escala metropolitana. O terceiro colocado, a Casa João de Barro, de Terra e Tuma Arquitetos Associados, mostra o respeito ao contexto e a inclusão da casa em seu entorno e a paisagem.  Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar