Ampliar imagem | Tamanho original
No episódio #59, da série sobre personalidades da arquitetura, convidamos o arquiteto e historiador Renato Anelli, também conselheiro do Instituto Bardi; e a arquiteta, professora, historiadora e crítica de arquitetura Ana Luiza Nobre, para conversar sobre a vida e a obra de Lina Bo Bardi, a arquiteta italiana que tão bem absorveu as raízes brasileiras e as traduziu para a sua arquitetura original. Com formação pela tradicional faculdade de Roma, Lina extrapolou o escopo de trabalho habitual ao arquiteto, atuando ainda como ilustradora, editora, designer e cenógrafa. Deixando uma Itália no pós-guerra dos anos 50, a arquiteta imigra para o Brasil com o marido e parceiro profissional Pietro Maria Bardi – crítico de arte e jornalista –,  onde foram os responsáveis por uma renovação de conceitos, instituições e práticas culturais estabelecidas no país até então. Na oportunidade compartilhada com o marido de criação e direção do Museu de Arte de São Paulo, a arquiteta propôs e implementou mais do que o surpreendente projeto modernista na Avenida Paulista, lançando os pilares de uma postura inovadora sobre como compreender e promover a arte no Brasil. Com sua visão proativa da arquitetura e sua relação dinâmica com o programa, Lina soube interpretar o contexto brasileiro, mesclando suas referências pessoais à uma valorização extrema e cuidadosa do local. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar