Ampliar imagem | Tamanho original
Os trabalhos de recuperação e reconstrução da Catedral de Notre-Dame, um dos exemplares mais bem conservados de arquitetura gótica lamentavelmente destruído por um incêndio estas semana, consumirão alguns anos (cinco, de acordo com a promessa do presidente francês Emmanuel Macron) e centenas de milhões de euros. Enquanto isso, Patrick Chauvet, reitor do famoso ícone parisiense, propôs a construção de uma "catedral efêmera" de madeira para receber os fiéis e turistas. Por que o incêndio na Catedral de Notre-Dame foi tão difícil de combater? Incêndio na Notre-Dame: o que aconteceu e o que acontecerá? "Não será necessário dizer que a catedral ficará fechada por cinco anos", disse Chauvet em entrevista à emissora francesa CB News, por isso, "perguntei se uma catedral efêmera poderia ser construída." O reitor pretende oferecer um lugar de encontro para parte dos 13 milhões de pessoas que visitam a Notre-Dame todos os anos, próximo à catedral em reconstrução: "Quero um lugar agradável, um lugar que seja um pouco simbólico, que atraia". Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar