Ampliar imagem | Tamanho original
Em pleno século XXI qualquer solução sustentável deve ser exaltada! Neste post serão abordadas soluções arquitetônicas que utilizam o isopor reciclado como matéria-prima de acabamentos decorativos (resistentes à água) e como preenchimento de paredes de EPS, com diversas vantagens que vão desde isolamento termoacústico até economia com os custos da obra. O Isopor®, é uma marca registrada alemã (da Knauf Isopor Ltda) e trata-se de um material sintético que se origina do petróleo cujo nome técnico é poliestireno expandido ou EPS (sigla do seu nome em inglês). Por ser composto por 98% de ar e 2% de plástico é um material bastante leve e 100% reciclável. Segundo dados da Plastivida, 34% do EPS produzido no Brasil é reciclado, colocando o país no mesmo patamar da maioria dos países europeus nesse assunto. Apesar deste ser um número considerado positivo em comparação às outras diversas formas de plástico, ele poderia ser muito melhor já que, muitas vezes, por falta de informação ele acaba sendo descartado no lixo comum, o que contribui com diversos problemas ambientais como o aumento de plásticos dos oceanos, por exemplo. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar