Ampliar imagem | Tamanho original
A terminologia bem cultural apresenta várias definições. Podemos dizer que a expressão está presente em várias esferas, em diferentes períodos, e vem sendo pouco a pouco reelaborada, tendo a sua inserção e ampliação de sentido expandida e definida ao longo do tempo. Dicionário Iphan do Patrimônio Cultural: o que é "autenticidade" Iphan lança manual com orientações para quem vive em casas tombadas A noção de bem cultural pode ser empregada tanto lato sensu quanto stricto sensu. No sentido amplo, temos como referência a definição do Novo Dicionário Aurélio de Língua Portuguesa, a saber: “um bem, material ou não, significativo como produto e testemunho de tradição artística e histórica, ou como manifestação da dinâmica cultural de um povo ou de uma região” (FERREIRA, 1986, p. 247). Ainda na mesma obra, entre parêntesis, o autor afirma que “Podem-se considerar como bens culturais obras arquitetônicas, ou plásticas, ou literárias, ou musicais, conjuntos urbanos, sítios arqueológicos, manifestações folclóricas, etc.” (FERREIRA, 1986, p. 247). Em seu artigo sobre o termo bem para este Dicionário no que se refere ao sentido estrito da expressão bem cultural, o professor Flavio de Lemos Carsalade informa que há uma tendência de correlacioná-la ao patrimônio cultural, àqueles bens que, por força de algum instrumento legal, se encontrem protegidos. Nesse sentido, o autor chama atenção para as convenções internacionais que correlacionam a terminologia ao bem protegido: Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar