Ampliar imagem | Tamanho original
O Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento de São Paulo (IABsp), depois realizar na última segunda-feira (08/04/19), em sua sede, um debate sobre modelos de empresas de planejamento metropolitano, vem demonstrar sua preocupação com o PL 01/2019, enviado pelo Governo do Estado para a Assembleia Legislativa que, entre outras previsões para fusões e extinções de órgãos públicos, permite a extinção da Empresa Metropolitana de Planejamento (Emplasa). A Emplasa, criada em 1975, é responsável pelo planejamento metropolitano e tem importante papel na necessária revisão da governança interfederativa da Região Metropolitana de São Paulo, a partir das diretrizes do Estatuto da Metrópole, promulgado em 2015. No Brasil há instrumentos avançados para a implementação do planejamento e governança metropolitanos à luz dos consórcios públicos, que são internacionalmente estudados como modelo para efetivar projetos metropolitanos, como no caso do Vale do Ruhr na Alemanha, de Medellín na Colômbia e Guadalajara no México, entre outros. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar