Ampliar imagem | Tamanho original
Esta série de artigos desenvolvida por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andres M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit trata das particularidades da habitação social na América Latina. Aborda sua pesquisa e não apenas um sistema de práticas baseado na experiência e aplicável a situações gerais, mas sua continuidade a longo prazo com o objetivo de ajudar os residentes a criar raízes em seu ambiente construído. O presente artigo enfoca em como a saúde e o bem-estar humanos dependem fortemente da geometria do meio ambiente.  Desenho capaz de estabelecer 'pertencimento emocional' Antipadrões da habitação social na América Latina Geometria do controle A geometria apropriada que promove o bem-estar humano A noção de “arquitetura biofílica” estabelece que a saúde e o bem-estar humanos dependem fortemente da geometria do ambiente e isto é expresso em configurações particulares, superfícies, materiais, detalhes, luz e acessibilidade a plantas e outras formas de vida (Kellert et al., 2008; Salíngaros, 2013; 2015). Todos esses fatores contribuem para o sucesso de qualquer construção e para a habitação social em particular. O desenho baseado em evidências é baseado no conhecimento de como um ser humano é afetado pelo seu ambiente. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar