Ampliar imagem | Tamanho original
MaoHaus é uma fachada experimental que explora o contexto histórico, os potenciais dos materiais, a nova indústria e as qualidades performativas dentro da arquitetura. Utilizando uma moldura simples e as condições da estrutura existente, a fachada entra no espaço do hutong (becos que formam a antiga cidade de Pequim) como um tecido que flui. Essa fluidez é expressada através do material convencionalmente rígido do concreto que questiona as percepções inerentes da materialidade por meio da forma. Além da ondulação, as perfurações na superfície servem para filtrar a luz. Durante o dia, os raios do sol entram no átrio e, durante a noite, as aberturas revelam com precisão um tríptico do retrato do presidente Mao. A expressão do presidente no interior da fachada é um aceno ao contexto histórico do terreno. O trabalho está localizado em um hutong no centro de Pequim, ao lado da loja de artes The People's Art House, que já foi um dos principais produtores da imagem, agora icônica, do presidente. Veja mais Veja a descrição completa
Compartilhar Compartilhar